Vizinhos da Cracolândia

R$25,00

Descaso. Absurdo. Estranho. Governo. Degradação. Tristeza. Desamparo. Lusco-fusco. Precipício. Desumano. Doentes. Indignação. Terror. Descontrole. Saúde. Zumbilândia. Dependência. Irresponsabilidade. Socorro. Nóia. Perdição. Inferno. Carência. Destruição. Angústia. Sujeira. Invisibilidade. Medo. Negligência. Paralelo. Violência. Talvez o emaranhado de palavras aparentemente desconexas seja uma das formas mais simples de explicar o fenômeno que ganhou as páginas dos jornais e as ruas da cidade. Palavras essas que surgiram na cabeça das primeiras pessoas que se dispuseram a responder, numa das mais populares redes sociais da atualidade, o que pensam sobre a Cracolândia. Uma Cracolândia que aceita de bom grado todas e cada uma dessas denominações. Uma Cracolândia que vibra, pulsa e se movimenta. Uma Cracolândia onde seus devotos fazem do crack um refúgio. Uma Cracolândia de pessoas carentes e marginalizadas. Uma Cracolândia inquieta, que serpenteia por diversos pontos do centro de São Paulo. Luz. Campos Elíseos. Santa Ifigênia. Bom Retiro. Praça da Sé? Uma Cracolândia que ficará a salvo do esquecimento sempre que o silêncio for transformado em palavras, como aqui, neste livro-reportagem sobre a memória de quem a viu crescer diante dos olhos. Esbugalhados.

Autores: Celso Costa Jr. e Gabriela Souza

10 em estoque

Descrição

Título: Vizinhos da Cracolândia: A memória de quem viu um mundo paralelo se erguer na região da Luz
Formato: Impresso 12x22cm
Tipografia textos: Libre Baskerville
Tipografia títulos: Myriad Pro
Papel miolo: Pólen 80g/m²
Papel capa: Cartão Supremo 250g/m²
Diagramação: Israel Dias “Costella”
Ano de publicação: 2014
ISBN: n/c
Editora: Edição dos autores
Autores: Celso Costa Jr. e Gabriela Souza

Informação adicional

Dimensões 12 x 22 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Vizinhos da Cracolândia”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *